ACERVO DE ESCRITORES MINEIROS DA U

Encontro Marcado no Acervo de Escritores Mineiros da UFMG

             É com enorme prazer que o Acervo de Escritores Mineiros da UFMG, junto com a Faculdade de Letras (FALE-UFMG), o Programa de Pós-graduação em Estudos Literários da FALE (pós-Lit), a Pró-reitoria de Extensão (PROEX-UFMG), a Rede de Museus da UFMG e a Biblioteca UFMG, inaugura uma série de encontros literários na UFMG.

            Realizado ao longo do semestre letivo – sempre na última quinta-feira do mês –, o evento homenageia e relembra a obra do escritor mineiro Fernando Sabino, “O Encontro Marcado”, de 1956. O objetivo é fomentar o debate público acerca da literatura brasileira contemporânea e despertar talentos literários, além de dar a conhecer o Acervo de Escritores Mineiros, importante espaço de pesquisa e memória da literatura nacional.

            O projeto Encontro Marcado propõe o diálogo sobre o universo literário e o ofício do escritor na contemporaneidade, sempre com a participação de um(a) autor(a) convidado(a).

            Onde?

            A conversa, mediada pelo pós-doutorando em estudos literários (e poeta) Kaio Carmona, acontece na exposição O Laboratório do Escritor, que através da recriação do ambiente de trabalho, da exibição de manuscritos, fotografias, obras de arte, objetos pessoais e da biblioteca de autores(as) mineiros(as), propicia singular atmosfera literária, inspirando e provocando o diálogo entre público e convidado.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA:

1

 

SOBRE @S CONVIDAD@S:

foto divulgação luiz ruffato
Luiz Ruffato (foto: arquivo pessoal)

Luiz Ruffato – Lançou, Eles eram muitos cavalos (2001), Estive em Lisboa e lembrei de você (2009), Flores artificiais (2014), De mim já nem se lembra (2015), Inferno provisório (2016), todos romances; As máscaras singulares (poemas, 2002); Minha primeira vez (2014), crônicas; A história verdadeira do Sapo Luiz (2014), infantil; e A cidade dorme (2018, contos). Seus livros ganharam os prêmios Machado de Assis, APCA, Jabuti e Casa de las Américas e estão publicados na Argentina, Colômbia, Cuba, México, Estados Unidos, Portugal, França, Itália, Alemanha, Finlândia, Macedônia e Moçambique. Em 2016 recebeu o Prêmio Internacional Hermann Hesse, na Alemanha. Lança em maio um novo romance, O verão tardio.

Capa release
Leila ferreira (foto: arquivo pessoal)

Leila Ferreira é formada em Letras e Jornalismo, com mestrado em Comunicação pela Universidade de Londres. Ex-repórter da Rede Globo Minas e ex-colaboradora do jornal Estado de Minas, apresentou durante 10 anos o programa “Leila Entrevista”, que produziu 13 séries internacionais e pelo qual passaram mais de 1600 entrevistados. O programa foi ao ar durante oito anos pela Rede Minas de Televisão e durante dois anos pela TV Alterosa/SBT. Foi colunista da revista Marie Claire durante dois anos e meio e há mais de 10 anos atua como palestrante.

É autora de seis livros: “O Amor que Sinto Agora” (lançado também em Portugal), “Viver não dói”, “A Arte de Ser Leve” (lançado na Espanha), “Mulheres: por que será que elas…?” e “Leila Entrevista:Bastidores”.

foto divulgação paulo henriques britto
Paulo Henriques Britto (foto: Douglas Machado)

Paulo Henriques Britto nasceu no Rio de Janeiro em 1951. É tradutor e professor de tradução, literatura e criação literária da PUC-Rio, atuando na graduação e na pós-graduação. Publicou sete livros de poesia — Liturgia da matéria (1982), Mínima lírica (1989), Trovar claro (1997), Macau (2003), Tarde (2007), Formas do nada (2012) e Nenhum mistério (2018) — e um de contos, Paraísos artificiais (2004); estudos monográficos sobre as canções de Sérgio Sampaio (2009) e a poesia de Claudia Roquette-Pinto (2010); e o ensaio A tradução literária (2012). Traduziu mais de 110 livros, em sua maioria de ficção, mas também obras de poetas como Byron, Wallace Stevens e Elizabeth Bishop. Paulo Henriques Britto é escritor, tradutor e professor de tradução, criação literária e literatura no Departamento de Letras da PUC-Rio, nos níveis de graduação e pós-graduação. É autor de dez livros — sete de poesia, um de contos e três de ensaios — e diversos artigos publicados em revistas acadêmicas. Traduziu mais de cento e dez livros, em sua maioria obras de ficção, mas também obras de poesia e de não-ficção.

Antonio Barreto-(crédito-Ronaldo Almeida)-31122000-31122000-_MG_0 - Cópia
Antônio Barreto (foto: Ronaldo Almeida)

Antônio Barreto, natural de Passos-MG, veio para Belo Horizonte em 1971, onde fez um teste para o time do América Mineiro. Lesionado e reprovado, o escritor terminou o ensino médio em Passos e voltou à capital em 1973. Na cidade, ele cursou História, Letras, Desenho de Projetos e Engenharia Civil. Em 1980, Barreto foi trabalhar no Oriente Médio, retornando definitivamente para à capital em 1983. O escritor foi redator do Suplemento Literário do Minas Gerais. Sua obra inclui contos, poesias, romances, crônicas e literatura infanto-juvenil . Barreto é um dos escritores mais premiados da literatura nacional, pois acumula mais de 120 prêmios, como Vastafala e Espantário (1988) além de ter sido objeto de teses e dissertações em diferentes instituições do País. Entre suas obras podemos citar: O sono provisório (poesia, 1977); Lua no varal (poesia infanto-juvenil, 1987); Isca de pássaro é peixe na gaiola (poesia infanto-juvenil, 1989); Livro das simpatias (prosa poética, 1990); Os ambulacros das holotúrias (contos, 1990); Balada do primeiro amor (romance, 1997); O menino que não sonhava só (conto/novela, 2000); No beleleu (conto/novela, 2008); Centro (2014), livro da coleção BH: a Cidade de Cada Um Livros das simpatias (2016) entre outros. Foi um dos fundadores da Associação Profissional dos Escritores de Minas Gerais, atual Sindicado dos escritores de Minas Gerais. Coleção Bibliográfica, constituída por livros e cadernos de cultura de jornais do país. Responsável: o próprio escritor.

 

REALIZAÇÃO:

AEM

 

APOIO:

Design sem nome

FALE CONOSCO:

Local: Biblioteca Central (Av. Pres. Antônio Carlos, 6627 – Pampulha, Belo Horizonte – MG, 31270-901)

Telefone: (31) 3409-6079

_Redes sociais (aemredesocial@gmail.com):

Facebook ► facebook.com/escritoresmineiros

Instagram ► instagram.com/escritoresmineiros – #escritoresmineiros

Twitter ► twitter.com/escritoresmg

YouTubehttps://www.youtube.com/channel/UCW_2x9dWygc7JKQFso2TOTQ

SoundCloudhttps://soundcloud.com/acervo-de-escritores-mineiros-ufmg

Bloghttps://acervodeescritoresmineiros.wordpress.com/

                #escritoresmineiros #encontromarcado #literaturabrasileira #literaturamineira #ufmg #ufmg2019

#letrasufmg

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s